Correio da Paraíba: Motoristas não respeitam vagas reservadas e recebem ‘multa moral’ em João Pessoa

Por Luciana Rodrigues – Portal Correio

Na Capital, o Multa Moral começou a atuar em 2014, distribuindo ‘multas morais’ e muita informação e orientação para quem não se intimida em ocupar uma vaga reservada a idosos e deficientes indevidamente, além, claro, da reclamação de praxe.

Uma das organizadoras do movimento ‘Multa Moral’ em João Pessoa é a professora universitária Larissa Santos. Ela informou que o movimento começou em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e já se espalhou por 19 cidades brasileiras, entre elas São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Belo Horizonte (MG) e Natal (RN).

Na Paraíba, segundo Larissa, o movimento já vem se organizando também em Campina Grande, no Agreste do estado, e em Patos, no Sertão.

Ela informou que os bloquinhos de multa já são padronizados em todas as cidades do país e o movimento organizado vem percorrendo os estacionamentos da cidade, levando informação e multando moralmente os infratores.

Larissa informou que os locais onde mais se aplicam as ‘multas morais’, por incrível que pareça, são as universidades. “Nós percorremos a orla, shoppings, bancos e universidades, mas são nesses últimos que multamos diariamente”, contou.

Continue lendo a matéria completa no Portal Correio.

Agradecemos a divulgação de toda a rede Correio, que também deu destaque para nossa ação no Jornal Correio da Paraíba (impresso) e na TV Correio (Record local).
Multa Moral JP. Imagens do Jornal impresso, divulgadas pela fanpage do IESP/FATECPB

Larissa Santos

I Encontro de Acessibilidade na Prática

Imagem Banner do Evento

Acontecerá, entre os dias 18 a 20 de março de 2015, o I Encontro de Acessibilidade na Prática realizado pelo Laboratório de Pesquisas em Acessibilidade e Ergonomia – LacErgo, dos cursos de Design de Interiores e Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Tecnologia da Paraíba – IESP/FATECPB.

O evento tem o objetivo de estimular a pesquisa nos temas de acessibilidade e desenho universal, apresentando conteúdos relacionados às pessoas com deficiência e a importância deste conhecimento na elaboração de um projeto de espaços, equipamentos e mobiliário acessível. O encontro contará com duas etapas: teórica e prática, nas quais os participantes terão a oportunidade de conhecer e aprender a lidar com dificuldades de pessoas com deficiência e, logo após, colocar em prática o que vivenciou, estando mais apto a desenvolver com criatividade um projeto inclusivo para todas as pessoas.

O evento pretende, ainda, como uma das ações do LacEergo, deixar para a comunidade um espaço inclusivo, que possa ser desfrutado por alunos e funcionários com e sem deficiência. Este espaço será contemplado por um Parklet acessível, a ser instalado em uma das áreas da FATEC/PB, que poderá ser estendido, futuramente, para demais áreas da cidade.

Inscrições no link: Inscrição

Confira a programação: Continuar lendo

Revista do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes traz acessibilidade na capa

“Para todos: É lei e é legal garantir acesso a pessoas com deficiência”


Esta é a matéria de capa da última edição da revista do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro.

Foram entrevistados donos de estabelecimentos que se adequaram, organizações de e para pessoas com deficiência e a designer de interiores Larissa Santos, aqui do “Paraíba sem Barreiras”.

Continuar lendo

Paraíba sem Barreiras em matéria para o Jornal da Clube

No último dia 20, participamos do I Fórum de Acessibilidade de Mobilidade Urbana realizado pela FUNAD em João Pessoa. O debate enveredou por caminhos interessantes que devem ser levados em consideração pela prefeitura municipal e pelos órgãos responsáveis do governo do Estado. A maior parte do tempo foi dedicada em discutir a falta de acessibilidade nas calçadas da capital e este aspecto foi apresentado pelo “Jornal da Clube” que nos convidou para falar sobre a realidade de João Pessoa com relação à acessibilidade.
O repórter Rodrigo de Luna nos questionou sobre quais medidas são necessárias para construir uma cidade acessível. Veja a matéria: Continuar lendo