Correio da Paraíba: Motoristas não respeitam vagas reservadas e recebem ‘multa moral’ em João Pessoa

Por Luciana Rodrigues – Portal Correio

Na Capital, o Multa Moral começou a atuar em 2014, distribuindo ‘multas morais’ e muita informação e orientação para quem não se intimida em ocupar uma vaga reservada a idosos e deficientes indevidamente, além, claro, da reclamação de praxe.

Uma das organizadoras do movimento ‘Multa Moral’ em João Pessoa é a professora universitária Larissa Santos. Ela informou que o movimento começou em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e já se espalhou por 19 cidades brasileiras, entre elas São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Belo Horizonte (MG) e Natal (RN).

Na Paraíba, segundo Larissa, o movimento já vem se organizando também em Campina Grande, no Agreste do estado, e em Patos, no Sertão.

Ela informou que os bloquinhos de multa já são padronizados em todas as cidades do país e o movimento organizado vem percorrendo os estacionamentos da cidade, levando informação e multando moralmente os infratores.

Larissa informou que os locais onde mais se aplicam as ‘multas morais’, por incrível que pareça, são as universidades. “Nós percorremos a orla, shoppings, bancos e universidades, mas são nesses últimos que multamos diariamente”, contou.

Continue lendo a matéria completa no Portal Correio.

Agradecemos a divulgação de toda a rede Correio, que também deu destaque para nossa ação no Jornal Correio da Paraíba (impresso) e na TV Correio (Record local).
Multa Moral JP. Imagens do Jornal impresso, divulgadas pela fanpage do IESP/FATECPB

Larissa Santos

Anúncios

Credenciamento para uso das vagas exclusivas

Como temos grande interesse na fiscalização e cumprimento da utilização correta das vagas reservadas a pessoas com deficiência e mobilidade reduzida (como os idosos), vamos divulgar aqui algumas informações necessárias para que todos possam desfrutar dos seus direitos:

“A Semob vem credenciando pessoas com deficiência e mobilidade reduzida para fins de utilização de vagas exclusivas, desde agosto de 2013. Recentemente, tomamos conhecimento que, até o momento, somente 140 pessoas haviam buscado este órgão para efetuar cadastro. Então, vamos divulgar entre os nossos, pois é muito importante para fins de fiscalização a até mesmo para desenvolvimento de política de mobilidade urbana – tão cobrada pelo segmento. Quem estiver ocupando uma vaga exclusiva que receber uma multa, estando o veículo sem identificação, terá dificuldades para reclamar.” (Zuleide Pereira)

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob) inicia nesta quinta-feira (8) o credenciamento das pessoas com deficiência que acarretem dificuldade de locomoção para utilização das vagas de estacionamento exclusivas para este fim em locais públicos e privados (Zona Azul, supermercados, bancos, shoppings etc.). De acordo com a Resolução 304 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) é competência do órgão de trânsito municipal a expedição da credencial. O documento tem validade em todo o território nacional.

Os três pontos de atendimento da Semob (Sede na BR 230, Subprefeituras em Tambaú e Mangabeira) já estão com tudo pronto para o fornecimento das credenciais destinadas às pessoas que preencherem os requisitos necessários: portarem deficiência física e/ou neurológica que causem dificuldade de locomoção, atestado por profissional habilitado para emitir o laudo médico em formulário próprio da Semob.

Documentos necessários para pessoas com deficiência ou dificuldade de lomoção

  1. Carteira Nacional de Habilitação (CNH), caso seja condutor, ou documento de identidade (caso não seja o condutor);
  2. Comprovante de residência de João Pessoa em nome do requerente expedido no máximo há 60 dias;
  3. Foto 3X4
  4. Laudo médico atestando a deficiência que importe dificuldade de locomoção (Baixar)

Documentos necessários para idosos (clique aqui)

  1. 1 Foto 3X4 recente – colorida
  2. Carteira de Habilitação ou CPF e RG
  3. Comprovante de residência atual, comprovando que o requerente reside em João Pessoa.

(Fonte: http://www.joaopessoa.pb.gov.br/ http://www.pbja.com.br)

Clique aqui para acessar o formulário de credenciamento.

É muito importante que todas as pessoas que precisam das vagas reservadas realizem sua inscrição, já que todos lutam pela efetivação dos seus direitos e não querem receber multas indevidas.

Larissa Santos

Calçadas inacessíveis: Pequenos trechos, grandes problemas

Quem não tropeça em buracos na calçada, pula ou os desvia pela rua? Essa situação incomoda e deixa o passeio desconfortável, mas, para muitos, deixa impossível e perigoso. E não falamos em andar várias quadras, uma calçada inacessível já dificulta a vida de quem anda em cadeira de rodas, de quem passeia com seu filho no carrinho de bebê, de quem usa muletas, bengalas ou possui alguma outra redução na mobilidade.

Em um pequeno trecho que liga o hotel Ouro Branco à churrascaria Tambaú Grill, na Av. Nossa Sra. dos Navegantes, em Tambaú – João Pessoa, passamos por vários contratempos.

A calçada mostrada nas próximas fotos fica vizinha ao lote do hotel Ouro Branco. Não registramos em fotos, mas o revestimento da calçada do hotel é em pedra portuguesa, o que dificulta a utilização de rolamentos, causando trepidação. Além disso, o revestimento estava sem manutenção, ou seja, com buracos. Saindo da pedra portuguesa encontramos o início desta calçada completamente danificado, com pedras soltas que deixavam o barro aparente, além de gelo-baiano espalhado e balizadores próximos ao meio-fio.

Continuar lendo

Barreiras enfrentadas na UFPB

Em meio a um encontro de Serviço Social realizado na área de Educação Física da Universidade Federal da Paraíba, mais especificamente no segundo auditório do referido curso, me deparei com imensas barreiras, o que mostra que há muito a ser feito para melhorar as condições físicas do Campus. Na ocasião, estava me locomovendo de cadeira de rodas por motivos de saúde (normalmente uso andador). Abaixo, fotos do percurso mostram calçamentos irregulares (em construção), degraus enormes, rampas íngremes e em, outros locais, inexistentes.

No primeiro momento do trajeto, andamos por um pequeno caminho e logo me deparei com essa dificuldade: calçamento em construção e paralelepípedos misturados com terra, dificultando a passagem dos universitários.

Continuar lendo

Acessibilidade na entrada do Atacadão dos Eletros

Em uma ida ao Atacadão dos Eletros, BR – 230 (estrada de Cabedelo), na grande João Pessoa, nos deparamos com a impossibilidade de um cadeirante aproveitar as super ofertas do lojão. O local, que não tem apenas essa loja, apresenta vagas de estacionamento reservadas, sinalizadas apenas horizontalmente com o SIA.

Continuar lendo