A Importância do Design Acessível

Dar aulas em cursos de Design de Interiores e Arquitetura e Urbanismo nos traz a oportunidade de falar sobre acessibilidade para pessoas que estarão diretamente responsáveis por ela no futuro. Essa consciência deve começar ainda na graduação, onde os alunos buscam aprendizado e podem ser sensibilizados a trabalhar pensando não somente nas situações comuns de um mundo que percebem. Torna-se imprescindível que eles notem que seus projetos devem atender a um mundo muito maior, aquele que inclui todas as pessoas. 

Hoje vamos mostrar a reflexão de alunas que participam do Laboratório de Pesquisas em Acesibilide e Ergonomia – LacErgo – com relação a este tema . O artigo, com o título desta postagem,  foi publicado como resumo no 15ª Encontro de Iniciação Científica do IESP/FATECPB: Continuar lendo

Flagra: muito perigo em uma só calçada

Agora também estamos recebendo a colaboração de alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário de João Pessoa – Unipê, somando bastante ao nosso trabalho. Fico feliz em ver que a sementinha já foi plantada neles.
Este flagra foi registrado por Evandro de Medeiros na Av. Coremas, mais especificamente no Cruzamento da Av. Francisca Moura com a Av. Coremas, no Centro da cidade de João Pessoa/PB. Foto tirada em: 27/04/2015.

As fotos já falam por si, evidenciam uma calçada mal conservada que impede a circulação com segurança de pessoas com ou sem deficiência. Evandro relatou que, quando chove, essa parte de areia na calçada (de um escritório de Advocacia que fica em frente ao seu trabalho), fica empoçada e com muita lama.

Calçada descrita anteriormente. Um carro vermelho está estacionado sobre ela. A foto mostra o outro lado da calçada, com pedras soltas e faltando. Um carro prato está estacionado sobre ela.

Além disso, podemos perceber que o bueiro do esgoto tem uma abertura muito grande, sem grade ou grelha de proteção suficiente, podendo levar a acidentes perigosos (como já ocorreu em outros locais da cidade, vitimando tragicamente crianças e adultos). Continuar lendo

I Encontro de Acessibilidade na Prática

Imagem Banner do Evento

Acontecerá, entre os dias 18 a 20 de março de 2015, o I Encontro de Acessibilidade na Prática realizado pelo Laboratório de Pesquisas em Acessibilidade e Ergonomia – LacErgo, dos cursos de Design de Interiores e Arquitetura e Urbanismo da Faculdade de Tecnologia da Paraíba – IESP/FATECPB.

O evento tem o objetivo de estimular a pesquisa nos temas de acessibilidade e desenho universal, apresentando conteúdos relacionados às pessoas com deficiência e a importância deste conhecimento na elaboração de um projeto de espaços, equipamentos e mobiliário acessível. O encontro contará com duas etapas: teórica e prática, nas quais os participantes terão a oportunidade de conhecer e aprender a lidar com dificuldades de pessoas com deficiência e, logo após, colocar em prática o que vivenciou, estando mais apto a desenvolver com criatividade um projeto inclusivo para todas as pessoas.

O evento pretende, ainda, como uma das ações do LacEergo, deixar para a comunidade um espaço inclusivo, que possa ser desfrutado por alunos e funcionários com e sem deficiência. Este espaço será contemplado por um Parklet acessível, a ser instalado em uma das áreas da FATEC/PB, que poderá ser estendido, futuramente, para demais áreas da cidade.

Inscrições no link: Inscrição

Confira a programação: Continuar lendo

Semeando a acessibilidade e ergonomia – ENEAC 2014

De 01 a 03 de dezembro de 2014, no campus da PUC-Rio, aconteceu o V Encontro Nacional de Ergonomia do Ambiente Construído – ENEAC e o Seminário Brasileiro de Acessibilidade Integral ocorrem simultaneamente e estão voltados para o público acadêmico que desenvolve pesquisa sobre o ambiente construído, buscando através da ergonomia e da acessibilidade, soluções que permitam aos seus usuários melhoria na qualidade de vida. O objetivo destes eventos é reunir a comunidade acadêmica – pesquisadores, professores, estudantes e profissionais da área – que pesquisam e desenvolvem trabalhos nestas duas áreas, permitindo assim, aprofundar e compartilhar experiências. Assim, este encontro se caracteriza como uma oportunidade ímpar para discutir e melhorar as pesquisas desenvolvidas no país, na área da ergonomia e acessibilidade, onde o sistema humano-ambiente é o seu foco. (Site do ENEAC 2014)

O evento é muito bem direcionado e, como tivemos a oportunidade de perceber durante o mestrado, os assuntos abordados são muito complementares, a acessibilidade e a ergonomia andam juntas quando se deseja um ambiente adequado ao ser humano. Os artigos tiveram um ótimo nível e as discussões foram bem proveitosas, durante as quais os participantes puderam se conhecer melhor e trocar informações sobre suas pesquisas, já que o interesse era comum a todos, o que possibilita a disseminação da acessibilidade em vários níveis.

Um assunto foi bastante abordado durante o V ENEAC, o que nos leva ainda mais esperança em alcançar maiores níveis de acessibilidade e ergonomia: a inserção das disciplinas nos cursos de Design de Interiores e Arquitetura. Sim, algumas instituições formadoras destes profissionais, que lidam com o ambiente onde vive o homem, não possuem estas como disciplinas obrigatórias. Assim como nós, outros professores demonstravam sua inquietude com a situação ou apresentavam trabalhos de alunos que já são sensíveis à causa e conseguem cumprir trabalhos voltados para o tema.

Além de participar como ouvintes, tivemos 03 artigos aprovados para publicação neste evento, sendo 01 apresentado em sessão oral e 02 em pôster. Para difundir ainda mais o tema, já que é uma das missões deste Blog, queremos compartilhar com vocês nossos artigos e algumas fotos do encontro, esperamos que seja mais uma fonte de pesquisa e conscientização.

 Artigo 01, desenvolvido durante nossa pesquisa de mestrado, UFRN (2010-2012) Continuar lendo

Credenciamento para uso das vagas exclusivas

Como temos grande interesse na fiscalização e cumprimento da utilização correta das vagas reservadas a pessoas com deficiência e mobilidade reduzida (como os idosos), vamos divulgar aqui algumas informações necessárias para que todos possam desfrutar dos seus direitos:

“A Semob vem credenciando pessoas com deficiência e mobilidade reduzida para fins de utilização de vagas exclusivas, desde agosto de 2013. Recentemente, tomamos conhecimento que, até o momento, somente 140 pessoas haviam buscado este órgão para efetuar cadastro. Então, vamos divulgar entre os nossos, pois é muito importante para fins de fiscalização a até mesmo para desenvolvimento de política de mobilidade urbana – tão cobrada pelo segmento. Quem estiver ocupando uma vaga exclusiva que receber uma multa, estando o veículo sem identificação, terá dificuldades para reclamar.” (Zuleide Pereira)

A Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob) inicia nesta quinta-feira (8) o credenciamento das pessoas com deficiência que acarretem dificuldade de locomoção para utilização das vagas de estacionamento exclusivas para este fim em locais públicos e privados (Zona Azul, supermercados, bancos, shoppings etc.). De acordo com a Resolução 304 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) é competência do órgão de trânsito municipal a expedição da credencial. O documento tem validade em todo o território nacional.

Os três pontos de atendimento da Semob (Sede na BR 230, Subprefeituras em Tambaú e Mangabeira) já estão com tudo pronto para o fornecimento das credenciais destinadas às pessoas que preencherem os requisitos necessários: portarem deficiência física e/ou neurológica que causem dificuldade de locomoção, atestado por profissional habilitado para emitir o laudo médico em formulário próprio da Semob.

Documentos necessários para pessoas com deficiência ou dificuldade de lomoção

  1. Carteira Nacional de Habilitação (CNH), caso seja condutor, ou documento de identidade (caso não seja o condutor);
  2. Comprovante de residência de João Pessoa em nome do requerente expedido no máximo há 60 dias;
  3. Foto 3X4
  4. Laudo médico atestando a deficiência que importe dificuldade de locomoção (Baixar)

Documentos necessários para idosos (clique aqui)

  1. 1 Foto 3X4 recente – colorida
  2. Carteira de Habilitação ou CPF e RG
  3. Comprovante de residência atual, comprovando que o requerente reside em João Pessoa.

(Fonte: http://www.joaopessoa.pb.gov.br/ http://www.pbja.com.br)

Clique aqui para acessar o formulário de credenciamento.

É muito importante que todas as pessoas que precisam das vagas reservadas realizem sua inscrição, já que todos lutam pela efetivação dos seus direitos e não querem receber multas indevidas.

Larissa Santos

Acessibilidade na cidade de Buenos Aires – I

No mês passado tivemos a oportunidade de conhecer a capital da Argentina e, como não poderia ser diferente, ficamos de olho na acessibilidade para fazermos uma breve comparação ao que temos no nosso país.

Buenos Aires é a capital, bem como a maior e mais importante cidade da Argentina, figurando como a segunda maior área metropolitana da América do Sul, depois da Grande São Paulo.A cidade é, indiscutivelmente, o maior, mais importante e desenvolvido centro urbano, financeiro, cultural, administrativo, político, industrial e comercial da Argentina. A cidade está localizada na costa ocidental do Rio da Prata, na costa sudeste do continente sul-americano (Wikipedia).

Registramos um pouco de vários lugares, muitos registros foram durante um citytour, logo, não conseguimos fazer muitas fotos sobre a acessibilidade de um só lugar detalhadamente. Por isso, vamos mostrar vários pontos para dar ao leitor uma noção da situação da cidade.

Grande parte das calçadas parecia positiva, por se apresentarem no mesmo nível da rua (o que não precisaria de rebaixamento para atravessar) e por serem bem definidas as faixas de serviço e de passeio.

Continuar lendo

Banheiro adaptado do Shopping Rio Mar em Recife/PE

Após algum tempo ocupados com atividades acadêmicas e profissionais, estamos de volta com mais informações, flagras e debates para vocês.

Em visita ao Shopping Rio Mar em Recife/PE, tive a curiosidade de conferir a acessibilidade do banheiro voltado às pessoas com deficiência. O Shopping fica localizado no bairro Pina e caracteriza-se por ter uma estrutura ampla, confortável e grandiosa.

Fachada principal do shopping. Vê-se uma grande estrutura em alvenaria e vidraças. A fachada contém o nome do shopping e o símbolo da marca (elemento ondulado nas cores azul e verde). A foto mostra, ainda, parte do estacionamento e fluxo de veículos, com canteiros formado por grama e palmeiras.

O Shopping dispõe de cadeiras de rodas elétricas e mecânicas para quem precisar (Piso 1), basta assinar um termo de responsabilidade. Há também balcões de informações estrategicamente localizados para qualquer dúvida dos clientes, vagas de estacionamento para pessoas com deficiência, idosos, gestantes, e elevadores panorâmicos.

Interior do shopping. O teto é em estrutura de ferro e materiais translúcidos. Os pavimentos são nas cores branco e madeira, compostos por vitrines de lojas e algumas árvores. Continuar lendo