Correio da Paraíba: Motoristas não respeitam vagas reservadas e recebem ‘multa moral’ em João Pessoa

Por Luciana Rodrigues – Portal Correio

Na Capital, o Multa Moral começou a atuar em 2014, distribuindo ‘multas morais’ e muita informação e orientação para quem não se intimida em ocupar uma vaga reservada a idosos e deficientes indevidamente, além, claro, da reclamação de praxe.

Uma das organizadoras do movimento ‘Multa Moral’ em João Pessoa é a professora universitária Larissa Santos. Ela informou que o movimento começou em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e já se espalhou por 19 cidades brasileiras, entre elas São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Belo Horizonte (MG) e Natal (RN).

Na Paraíba, segundo Larissa, o movimento já vem se organizando também em Campina Grande, no Agreste do estado, e em Patos, no Sertão.

Ela informou que os bloquinhos de multa já são padronizados em todas as cidades do país e o movimento organizado vem percorrendo os estacionamentos da cidade, levando informação e multando moralmente os infratores.

Larissa informou que os locais onde mais se aplicam as ‘multas morais’, por incrível que pareça, são as universidades. “Nós percorremos a orla, shoppings, bancos e universidades, mas são nesses últimos que multamos diariamente”, contou.

Continue lendo a matéria completa no Portal Correio.

Agradecemos a divulgação de toda a rede Correio, que também deu destaque para nossa ação no Jornal Correio da Paraíba (impresso) e na TV Correio (Record local).
Multa Moral JP. Imagens do Jornal impresso, divulgadas pela fanpage do IESP/FATECPB

Larissa Santos

Flagra: muito perigo em uma só calçada

Agora também estamos recebendo a colaboração de alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário de João Pessoa – Unipê, somando bastante ao nosso trabalho. Fico feliz em ver que a sementinha já foi plantada neles.
Este flagra foi registrado por Evandro de Medeiros na Av. Coremas, mais especificamente no Cruzamento da Av. Francisca Moura com a Av. Coremas, no Centro da cidade de João Pessoa/PB. Foto tirada em: 27/04/2015.

As fotos já falam por si, evidenciam uma calçada mal conservada que impede a circulação com segurança de pessoas com ou sem deficiência. Evandro relatou que, quando chove, essa parte de areia na calçada (de um escritório de Advocacia que fica em frente ao seu trabalho), fica empoçada e com muita lama.

Calçada descrita anteriormente. Um carro vermelho está estacionado sobre ela. A foto mostra o outro lado da calçada, com pedras soltas e faltando. Um carro prato está estacionado sobre ela.

Além disso, podemos perceber que o bueiro do esgoto tem uma abertura muito grande, sem grade ou grelha de proteção suficiente, podendo levar a acidentes perigosos (como já ocorreu em outros locais da cidade, vitimando tragicamente crianças e adultos). Continuar lendo