Semeando a acessibilidade e ergonomia – ENEAC 2014

De 01 a 03 de dezembro de 2014, no campus da PUC-Rio, aconteceu o V Encontro Nacional de Ergonomia do Ambiente Construído – ENEAC e o Seminário Brasileiro de Acessibilidade Integral ocorrem simultaneamente e estão voltados para o público acadêmico que desenvolve pesquisa sobre o ambiente construído, buscando através da ergonomia e da acessibilidade, soluções que permitam aos seus usuários melhoria na qualidade de vida. O objetivo destes eventos é reunir a comunidade acadêmica – pesquisadores, professores, estudantes e profissionais da área – que pesquisam e desenvolvem trabalhos nestas duas áreas, permitindo assim, aprofundar e compartilhar experiências. Assim, este encontro se caracteriza como uma oportunidade ímpar para discutir e melhorar as pesquisas desenvolvidas no país, na área da ergonomia e acessibilidade, onde o sistema humano-ambiente é o seu foco. (Site do ENEAC 2014)

O evento é muito bem direcionado e, como tivemos a oportunidade de perceber durante o mestrado, os assuntos abordados são muito complementares, a acessibilidade e a ergonomia andam juntas quando se deseja um ambiente adequado ao ser humano. Os artigos tiveram um ótimo nível e as discussões foram bem proveitosas, durante as quais os participantes puderam se conhecer melhor e trocar informações sobre suas pesquisas, já que o interesse era comum a todos, o que possibilita a disseminação da acessibilidade em vários níveis.

Um assunto foi bastante abordado durante o V ENEAC, o que nos leva ainda mais esperança em alcançar maiores níveis de acessibilidade e ergonomia: a inserção das disciplinas nos cursos de Design de Interiores e Arquitetura. Sim, algumas instituições formadoras destes profissionais, que lidam com o ambiente onde vive o homem, não possuem estas como disciplinas obrigatórias. Assim como nós, outros professores demonstravam sua inquietude com a situação ou apresentavam trabalhos de alunos que já são sensíveis à causa e conseguem cumprir trabalhos voltados para o tema.

Além de participar como ouvintes, tivemos 03 artigos aprovados para publicação neste evento, sendo 01 apresentado em sessão oral e 02 em pôster. Para difundir ainda mais o tema, já que é uma das missões deste Blog, queremos compartilhar com vocês nossos artigos e algumas fotos do encontro, esperamos que seja mais uma fonte de pesquisa e conscientização.

 Artigo 01, desenvolvido durante nossa pesquisa de mestrado, UFRN (2010-2012)

  • Título: Análise da Acessibilidade Física e Visual de uma Instituição de Longa Permanência para Idosos na Cidade de Natal – RN
  • Autores: Larissa Santos; Júlio César Fernandes; Ricardo José Carvalho
  • Resumo: Este artigo analisa a acessibilidade de uma Instituição de Longa Permanência para Idosos – ILPI da cidade de Natal – RN, a fim de garantir maior autonomia e segurança aos usuários deste tipo de estabelecimento. Foram realizadas pesquisas bibliográficas e utilizados instrumentos de verificação de acessibilidade a idosos e pessoas com deficiência visual. A ILPI estudada apresentou vários problemas em desacordo com as normas de acessibilidade.
  • Download Artigo 01

 Artigo 02, desenvolvido com um aluno durante uma disciplina no curso de Design de Interiores, FATEC/PB

  • Título: A Ergonomia como Princípio de Análise do Conforto Ambiental em uma Lanchonete da Faculdade de Tecnologia da Paraíba
  • Autores: Willam Lima; Larissa Santos
  • Resumo: Resumo: O presente artigo tem como objeto a análise do conforto ambiental da lanchonete Empadinhas Barnabé, situada na Faculdade de Tecnologia da Paraíba, levando em consideração os princípios normativos de ergonomia. Os estudos bibliográficos embasaram a pesquisa, que foi verificada através da medição dos dados microclimáticos do ambiente. Essa verificação, quando analisada, constatou que é necessária uma intervenção projetual para a otimização de conforto do espaço.
  • Download Artigo 02

 Artigo 03, desenvolvido como aluna de disciplina para aluno especial de doutorado na UFPB:

  • Título: Orientação Espacial em Parque Turístico: a Sinalização da Praia do Jacaré em Cabedelo – PB
  • Autores: Karla Karolynne do Nascimento Estrela; Larissa Nascimento dos Santos; Mariana de Sousa Siqueira Santos; Angelina Dias Leão Costa;
  • Resumo: O presente artigo avaliou a sinalização existente no Parque Turístico Municipal da Praia do Jacaré – PB, considerando os princípios do desenho universal e a legislação sobre o tema. A metodologia foi fundamentada na Avaliação Pós-Ocupação (APO), e se deu a partir das observações in loco dos fluxos percorridos pelos transeuntes e levantamento da sinalização encontrada no lugar, avaliada a partir da legislação pertinente ao tipo de espaço estudado. Com o estudo realizado, constatou-se que o parque apresenta grandes deficiências na sinalização, o que acaba por restringir o uso dos espaços, causando confusão e dispêndio de tempo aos usuários, substancialmente aos turistas, que configuram o público alvo desses locais.
  • Download Artigo 03

Larissa Santos

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s