Banheiro adaptado do Shopping Rio Mar em Recife/PE

Após algum tempo ocupados com atividades acadêmicas e profissionais, estamos de volta com mais informações, flagras e debates para vocês.

Em visita ao Shopping Rio Mar em Recife/PE, tive a curiosidade de conferir a acessibilidade do banheiro voltado às pessoas com deficiência. O Shopping fica localizado no bairro Pina e caracteriza-se por ter uma estrutura ampla, confortável e grandiosa.

Fachada principal do shopping. Vê-se uma grande estrutura em alvenaria e vidraças. A fachada contém o nome do shopping e o símbolo da marca (elemento ondulado nas cores azul e verde). A foto mostra, ainda, parte do estacionamento e fluxo de veículos, com canteiros formado por grama e palmeiras.

O Shopping dispõe de cadeiras de rodas elétricas e mecânicas para quem precisar (Piso 1), basta assinar um termo de responsabilidade. Há também balcões de informações estrategicamente localizados para qualquer dúvida dos clientes, vagas de estacionamento para pessoas com deficiência, idosos, gestantes, e elevadores panorâmicos.

Interior do shopping. O teto é em estrutura de ferro e materiais translúcidos. Os pavimentos são nas cores branco e madeira, compostos por vitrines de lojas e algumas árvores.

Há banheiros femininos e masculinos adaptados separadamente. Com relação ao banheiro feminino adaptado, mais especificamente, percebe-se que ele é bem localizado, possui o Símbolo Internacional de Acesso (SIA), porém não está em rota acessível que possa identificá-lo, existe apenas uma placa indicativa. O referido espaço é amplo, permitindo que a pessoa com deficiência possa entrar com um acompanhante.

Antes de adentrar no espaço, um funcionário da limpeza, que fica responsável pela chave do banheiro, abriu-o e retirou vários materiais de limpeza que ali estavam “estocados”. Com isso, deduz-se que as pessoas com deficiência não costumam utilizar esses banheiros e que a organização da limpeza utiliza o espaço como depósito de materiais. Os banheiros devem estar sempre disponíveis para que a pessoa com deficiência possa utilizá-lo a qualquer momento, autonomamente, tendo um local de estoque específico de materiais de limpeza.

Inicialmente, a porta possui dimensões, abertura para fora e maçaneta (do tipo alavanca) adequadas. No lado interno da porta há uma barra de apoio para facilitar sua abertura e fechamento.

Foto da parte interna da porta, descrita no texto. Porta em madeira com paredes na lateral em pastilha de vidro na cor azul claro.

A pia encontra-se na parte interna do banheiro, em boas condições, com torneira acionada por sensores ao colocar a mão debaixo, uma saboneteira para sabonete líquido e porta papel de fácil acesso. O espelho é inclinado para que o cadeirante possa ter uma boa visão, no entanto, não possui barras de apoio para facilitar o deslocamento nesta área do lavatório e nem lixeira próximo a pia. Vale salientar que não se conferiu as medidas, no entanto, aparentemente, esses itens anteriores estavam de acordo com as normas da acessibilidade.

Duas imagens do lavatório de cerâmica branca. Vê-se a parede por trás do lavatório em tom de madeira, onde está localizado o espelho. Ao lado, uma parede revestida em pastilha de vidro na cor azul claro.

Imagem da saboneteira, porta papel-toalha e papeleira. Os três localizados na mesma altura da parede.

Com relação à bacia sanitária, não foi mensurado a altura, mas percebe-se em uma altura adequada. Há barras de apoio para facilitar o uso do sanitário, o acionamento da descarga está acima do vaso (de fácil acionamento). A lixeira está bem localizada (facilita que a pessoa jogue o lixo sem ter que se deslocar até ela) e a papeleira também é de fácil acesso.

Duas imagens da bacia sanitária. Em ambas podemos ver a bacia na cor branca, com as barras de apoio e itens descritos no texto.

No teto do banheiro também há uma lâmpada de emergência, caso haja necessidade, e uma caixa de som com música ambiente ligada pelo próprio shopping.

Imagem da lâmpada de emergência no teto.

No geral, o banheiro está de acordo com as principais normas da acessibilidade, apenas com alguns detalhes que podem ser facilmente acrescentados ou modificados. É sempre bom saber que um shopping tão grandioso, numa metrópole, tem uma estrutura moderna, arrojada e também se preocupa com as pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida, mostrando que grandes espaços podem atender qualquer tipo de pessoa de forma adequada, basta seguir os princípios do desenho universal.

Fábia Halana Pita

Anúncios

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s