Barreiras enfrentadas na UFPB

Em meio a um encontro de Serviço Social realizado na área de Educação Física da Universidade Federal da Paraíba, mais especificamente no segundo auditório do referido curso, me deparei com imensas barreiras, o que mostra que há muito a ser feito para melhorar as condições físicas do Campus. Na ocasião, estava me locomovendo de cadeira de rodas por motivos de saúde (normalmente uso andador). Abaixo, fotos do percurso mostram calçamentos irregulares (em construção), degraus enormes, rampas íngremes e em, outros locais, inexistentes.

No primeiro momento do trajeto, andamos por um pequeno caminho e logo me deparei com essa dificuldade: calçamento em construção e paralelepípedos misturados com terra, dificultando a passagem dos universitários.

Continuar lendo

Resultado das nossas pesquisas. Tema: acessibilidade

Em abril deste ano defendemos nossas dissertações de mestrado. Um trabalho cheio de suor e recompensas, que estamos dividindo o resultado com vocês.

Além das inúmeras descobertas como pesquisadora, descobri valores e ganhei grandes amigos. Estou dando esse retorno com muito prazer e como prometi a todos os que colaboraram. Meu profundamento agradecimento a todos os que participaram e que estiveram ao meu lado, em especial aos amigos com deficiência visual, que nunca me deixaram faltar informação: que a pesquisa colabore com nossa luta e espero não ter falhado com vocês. Muito obrigada! (mais na folha de agradecimentos, risos). Larissa Santos

Agradecimento especial a todos os idosos que participaram da pesquisa, por toda a paciência e por me aceitarem durante tanto tempo dentro dos seus lares. E também a todos os funcionários do ICR, especialmente às assistentes sociais, aos profissionais de saúde e aos cuidadores. Estes últimos me ensinaram novos valores e me fizeram entender como funciona a rotina dos idosos residentes. A eles minha admiração. Júlio Fernandes.

As versões estão disponíveis, em PDF, nos links abaixo de cada resumo do resumo: Continuar lendo