Sinalização de vagas reservadas

A ida ao supermercado, shoppings, bancos ou em um simples deslocamento de um canto a outro da cidade, rende vários flagras de sinalizações incorretas das vagas reservadas para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. E nem é preciso muita força para perceber, várias pessoas chegam para nos falar dos erros que encontram e perguntam como deveria ser feito.

A NBR 9050 afirma que as vagas para estacionamento de veículos que conduzam ou sejam conduzidos por pessoas com deficiência devem ter:

  • Sinalização horizontal;
  • Sinalização vertical, sendo um tipo para vagas em via pública e outro para vagas fora da via pública;
  • Espaço adicional de circulação (ou faixa de transferência)  com no mínimo 1,20 m de largura e associado à rampa de acesso à calçada;
  • Vínculo com a rota acessível que as interligue aos pólos de atração (ou entradas principais);
  • Localização que evite a circulação entre veículos.

Sinalizar com Símbolo Internacional de Acesso (SIA) já identifica que aquela vaga é destinada para pessoas com deficiência (qualquer que seja) ou com mobilidade reduzida (pessoa com deficiência temporária, idosa, obesa, gestante entre outros).

Mas encontramos inadaptações nas sinalizações que são desnecessárias e muitas vezes dão margem para o uso inapropriado por pessoas que não precisam. Escrever “Vaga p/ maiores de 60 anos” confunde e atrasa quem procura a vaga reservada. O SIA evita a leitura, facilitando a identificação.

Sinalizar apenas com “Boa idade” não reserva e dá margem aos espertinhos: “Tenho 24 anos e me considero na boa idade, hum, é aqui mesmo minha vaga”

Sinalizar a rampa de acesso do estacionamento não reserva a vaga próxima a ela. Na foto vemos que reduziram a forma de sinalizar horizontalmente uma vaga e pintaram na rampa. Até a faixa de transferência entrou, quem estaciona um carro ali e transfere a cadeira de rodas em 40cm de largura?

Esta última situação entrou como alerta à manutenção da sinalização, é preciso reforçá-la depois de algum tempo. Este carro, aparentemente, não tem autorização para estar na vaga exclusiva, pois não vimos nada que o identifique como tal. Mas será que ele tem mesmo a má intenção ou simplesmente não viu a sinalização? Nós só identificamos a vaga rapidamente porque vimos a faixa de transferência ao lado, mas nem todo mundo sabe o que ela significa. A sinalização em uma placa vertical evita essa “dúvida” quando a sinalização horizontal é insuficiente.

IMPORTANTE:  Para utilizar a vaga reservada, o veículo precisa ser identificado com o SIA E obter a licença na Agência Municipal de Transporte e Trânsito da sua cidade. Veja em “Acessibilidade na Prática” como realizar esse procedimento.

Tenha CONSCIÊNCIA, ÉTICA e CARÁTER, não estacione na vaga reservada se você não precisar dela. Esta vaga não é sua, nem por um minuto. Respeite!

Até o próximo 😉

Anúncios

3 respostas em “Sinalização de vagas reservadas

  1. Pingback: Acessibilidade na entrada do Atacadão dos Eletros | Paraíba sem Barreiras

  2. Pingback: Acessibilidade na entrada do Atacadão dos Eletros | Paraíba sem Barreiras

  3. Pingback: Flagra: Material em vaga reservada | Paraíba sem Barreiras

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s